Translate

segunda-feira, 29 de julho de 2013

A partida

Hoje começou uma nova semana... Sem os pais, sem a irmã, sem nnguém por cá...

Foram embora hoje de manhã quando eu fim trabalhar.. E confesso que doeu muito.
Chorei.
Solucei.
E ainda tenho os olhos pequeninos...

Perdoem-me, mas nao consigo perceber as pessoas que saem de ao pé dos pais e não sintam saudades..
Eu sinto saudades e muito a falta deles.. E agora só daqui a 20 dias é que os vejo novamente...

Sou pais o'dependente e não tenho vergonha disso.

Agora só resta agarrar-me a outras coisas.. Esta semana vou fazer 4 dias de ginásio bem puxados.. Vou fazer duas aulas por dia, custe o que custar!

Para além de ter estado de pseudo-ferias, e ter de certeza engordado um quilo ou dois, preciso de me agarrar a algo para ser mais fácil de passar o tempo!

Para a semana é outra semana, agora só me interessa esta!!!

Siga!!

7 comentários:

  1. Eu sou muito desprendida das pessoas, sinto a falta e saudades das pessoas de quem gosto, mas aguento bem. :)

    ResponderEliminar
  2. custa tanto estar longe dos nossos, como te compreendo **

    ResponderEliminar
  3. Linda eu tenho 34 anos e ainda sou pais dependente. Não passo um dia sem falar com eles. Embora já não viva com eles desde os meus 21 anos.
    E se sentes falta deles é bom sinal.
    Bj linda!

    ResponderEliminar
  4. Às vezes estou mais de um mês sem ver os meus, mas é claro que sinto saudades e todos os dias falo com eles! Força (:

    ResponderEliminar
  5. É a primeira vez que passo aqui pelo teu cantinho e já estou uma "viciada" eheh, muitos parabéns tens aqui um excelente blog!! Continua!

    With love, Bárbara
    www.preppylemonade.com

    ResponderEliminar
  6. Dependendo das fases que a minha vida toma, sinto mais ou menos falta dos meus pais. Sou estudante deslocada há 3 anos e se no primeiro ano chorava muito, ao fim de 3 anos, tenho dias em que me custa muito, principalmente quando há eventos familiares onde estão todos reunidos, mas a maioria despeço-me sempre de sorriso. Mas acho que vou ser sempre pais dependente. Agarra-te exatamente às outras coisas que te fazem bem e feliz.
    Bjinhu e coragem!

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita! ;)