Translate

domingo, 3 de novembro de 2013

Um domingo solitário...

Já lá vão 4 dias de trabalho e ainda faltam 6... 10 dias seguidos, e graças a Deus é o que me vale.

Hoje é Domingo, o dia da família, da missa, da melhor roupa, da mesa cheia à hora de almoço, da tarde de passeio à beira dos campos por onde há sol, de sofá e ronha ao final da tarde com o aquecedor no mais quentinho que haja... e eu, estou a 300 km...

Aqui o meu sol foi-se, nem existe... Aquele bem precioso que brilha lá fora, para mim não passa de uma luz, que nada trás de novo...

A alegria do Domingo desvaneceu...

A alegria de todos os dias desvaneceu...

Sou uma pessoa triste, cinzenta, infeliz, qualquer dia sem sentimentos...
É o meu maior medo, é tornar-me numa pessoa fria, sem ser capaz de expressar tudo aquilo que tenho vontade. Mas, está a tornar-se numa defesa..

Preciso de voltar... preciso de os abraçar, de os sentir, de os ver sorrir...


2 comentários:

Obrigada pela visita! ;)